terça-feira, 8 de setembro de 2009

QUINTA DA QUEIMADA

De vez em quando surgem surpresas como esta!
Pela mão da artista D. Maria Helena Ramos, podemos sentir os cheiros do campo, as cores das bananeiras e das vinhas, sentir de novo as pedras do caminho calcorreado pelos pés dos meninos com asas, o intenso aroma dos pinheiros e dos cedros ali mesmo à porta de casa. O resto cabe a cada um semicerrar os olhos e sonhar... afinal não custa nada livrarmo-nos do stress constante, da pressão diária do trânsito. Começam assim as histórias, com um:
- "Era uma vez..." A artista agradece!

Sem comentários: