quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Concerto de Fim-de-Ano com a Banda Municipal de Machico



Concerto de Fim-de-Ano com a Banda Municipal de Machico

No âmbito do programa de dinamização da quadra natalícia e de Ano Novo, a Câmara Municipal de Machico promoverá um concerto de Fim-de-Ano com a Banda Municipal de Machico. Este concerto terá lugar no Fórum Machico, dia 30 de Dezembro, pelas 21h, com entrada livre.

Fonte: Camara Municipal de Machico

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A PRAIA TRANSFORMADA


A praia de Machico num dia de Agosto. As águas calmas da baía e a protecção das pequenas muralhas circundantes ajudam a proteger as areias em dias de maior agitação maritima. Ao contrário de outras praias na Madeira que sofreram danos consideráveis, Machico devido à sua posição em relação aos ventos tem sido sempre menos fustigada pelas intempéries.
Fotos CAM

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

I Exposição de Motorizadas

I Exposição de motorizadas no Fórum Machico

I Exposição de motorizadas mostra alguns exemplares da História da indústria do veículo de duas rodas e com base na colecção particular de Paulo Spínola, Inauguração esta sexta às 18h, exposição que estará patente de 17 Dezembro a 2 de Janeiro no Fórum Machico.
Fonte: Câmara Municipal de Machico 

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

OS CONCURSOS LITERÁRIOS - por Nelson Verissimo

A 30 de Novembro, a Junta de Freguesia de Machico anunciou os vencedores do V Concurso Literário Francisco Álvares de Nóbrega - Camões Pequeno, este ano na modalidade de Poesia.

Instituído em 2001 pela Câmara Municipal de Machico, o concurso literário teve continuidade através da Junta de Freguesia.

A atribuição de um prémio literário, na sequência de criterioso processo de selecção, motiva a escrita. Pela via do reconhecimento público do mérito e consequente edição, alguns autores vêm reconhecida a sua obra, outros saem do anonimato ou repetem experiências bem sucedidas e, mais raramente, há quem veja recompensada uma primeira tentativa de criação literária, sugerida pela publicitação de um concurso.

Na verdade, os concursos literários fomentam a leitura e a escrita, prestigiando as entidades que os promovem. Trata-se de iniciativas em prol do bem comum que, mantidas com regularidade e isenção, servem para o enriquecimento cultural de determinada comunidade, mas com reflexos positivos para além dos seus limites administrativos.

Prova disso é o interesse suscitado por este concurso fora da Madeira. Muitos dos premiados das últimas edições não residem nem são naturais desta Região. Corresponderam porém, por razões diversas, desde afinidades familiares ou afectivas ao simples aliciamento pelo prémio, à feliz iniciativa da Junta de Freguesia de Machico, que associa ao certame o nome do poeta Francisco Álvares de Nóbrega (1773-1806), natural desta freguesia, e cuja memória é também lembrada no aniversário do seu nascimento.

DN - 02.12.2010

Por achar adequado em relação aos últimos artigos aqui publicados, insiro na íntegra a noticia escrita por Nelson Verissimo  







quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O DESCONHECIMENTO DE FRANCISCO ALVARES DE NOBREGA

"É impressionante com ainda entre nós existe um certo desconhecimento sobre Francisco Alvares de Nóbrega. Um magnifico artista", a declaração surge pela voz de Martins Júnior, elemento pertencente à direcção da Associação 'EFAN - Estudos Nobricenses', criada para o aprofundamento dos estudos sobre a vida e obra de Francisco Alvares de Nóbrega, conhecido como 'Camões Pequeno'.

Ora, foi a pensar em divulgar o nome e obra do poeta machiquense que vários elementos desta instituição se deslocaram ao miradouro onde está perpetuado o nome deste sonetista português. Ainda assim, Martins Júnior ao evocar os 237 anos do nascimento desta figura ímpar da literatura madeirense, não deixou de criticar e de lamentar o desaparecimento de um símbolo em memória de Francisco Alvares Nóbrega, colocado, justamente, no miradouro onde, ontem, a associação celebrou a efeméride. "Não deixa de ser lamentável que o livro em mármore não esteja aqui. Ao que sei, o livro foi para reparar e até hoje ainda não cá está", queixou-se o dirigente.
DN-01.12.2010

CONCURSO DE MONTRAS

"Incrementar uma política de dinamização do comércio e serviços de Machico". É este o lema que a Junta de Freguesia de Machico promove, ao abrir as inscrições até o dia 13 de Dezembro para o V Concurso de Montras 'Machico Natal 2010'.

Segundo Ricardo Sousa, presidente da Junta, "pretende-se que os comerciantes apostem particularmente no embelezamento das suas lojas, viabilizando, assim, a consecução dos objectivos enunciados no parágrafo anterior", vincou o autarca social-democrata.
A inscrição é gratuita, devendo ser efectuada através de uma ficha de Inscrição e entregue ou enviada para a Junta até ao dia 13. O concurso será realizado entre os dias 15 de Dezembro de 2010 e 12 de Janeiro de 2011.
D.N.01.12.2010

V CONCURSO FRANCISCO ALVARES DE NOBREGA

Depois do grande sucesso que constituiu o IV Concurso Francisco Álvares de Nóbrega 'Camões Pequeno', a Junta de Freguesia desafiou novamente os amantes das letras, para que apresentassem, na V edição do concurso literário, um trabalho inédito, sob a forma de poesia, redigida em português, versado sobre qualquer temática à escolha do autor, tendo como horizonte inspiração do nome Machico.
 
Ora, ontem, a Junta após uma análise aos 17 trabalhos candidatos, premiou os três primeiros. Assim, 'Palavra do Vale', saiu vencedor do evento. António Reis, pseudónimo foi o autor da peça. Em segundo lugar ficou, Alexandre Fail, com 'Sequência de Machico', seguido de António Benitez, com o trabalho 'Quebranta Terra Donde Chora os Pássaros'.
 
A Junta de Freguesia decidiu igualmente premiar a melhor ilustração. Vera com o tema 'Sempre, Mas Sempre Machico', bateu a concorrência sobretudo por ter na capa uma foto do vale de Machico.
 
No final, Ricardo Sousa, presidente da autarquia, lembrava o esforço que a Junta de Freguesia de Machico vem efectuando ao longo das edições, reconhecendo as "potencialidades de um adequado fomento à produção cultural". Desse modo, disse que "a criação de um concurso literário, cuja pertinência se fundamenta nas muitas solicitações que, ao longo dos tempos, a Junta de Freguesia tem vindo a receber, o que vem demonstrar os muitos interessados que esperam uma oportunidade de mostrar as suas criações".
 
De resto, diz já pensar na próxima edição. O VI concurso do género terá como "base um género de epistola ou se quisermos cartas ou correspondência de pessoas que sintam e sofram com o nome de Machico", um ponto de partida, não excedendo as 25 páginas.
Noticia publicada no D.N. de 01.12.2010

sábado, 6 de novembro de 2010

Machico ponderou cortar no fogo-de-artíficio

Machico reservou 55 mil euros para iluminações e fogo. Metade dos anos anteriores

Os populares que habitualmente escolhem a baía de Machico para celebrarem a passagem do ano e presenciar o lançamento de fogo-de-artíficio ainda vão ter a oportunidade de poder assistir no final do mês de Dezembro ao espectáculo pirotécnico. Já em 2011, as certezas são poucas. Emanuel Gomes, presidente da Câmara Municipal chegou a hesitar em "acabar de vez com o fogo-de-artíficio".
 
Ponderou, mas afirmou ao DIÁRIO que logo após uma conversa com o restante executivo social-democrata, chegou à conclusão que seria melhor "manter o espectáculo e a tradição pelo menos mais um ano", referindo-se ao programa que a autarquia machiquense começa a preparar para a época de Natal e Passagem de Ano.

Além de querer ficar com mais dinheiro no cofre, o autarca acrescenta uma outra justificação: "Machico fica próximo do Funchal onde acontece um dos maiores espectáculos pirotécnicos do mundo e estar a lançar fogo em Machico quando estamos a esta curta distância deste evento poderá não se justificar muito", concretizou o edil, assegurando que todos os anos despendia aproximadamente entre 100 a 120 mil euros para colocar as principais ruas iluminadas.
 
Do 'bolo' disponível para esta época, Gomes pormenorizou as verbas: "40 mil para as iluminações e 15 mil para o fogo, menos 30 % de ano passado", concluiu.

Artigo do D.N. de 06/11/2010

terça-feira, 2 de novembro de 2010

CINEMA COM ENTRADA LIVRE A 6 DE NOVEMBRO

Cinema no Fórum Machico - 6 de Novembro


No âmbito do circuito de cinema no Fórum Machico, iniciativa promovida pela Câmara Municipal e a Casa do Povo de Machico em colaboração com a Fundação INATEL/ Agência do Funchal, terá lugar no próximo. "Um Segredo Muito Nosso" é o filme que estará em exibição. Este é uma produção de 2008, assinado por Dennis Lee, e interpretado por Júlia Roberts, Ryan Reynolds, Willem Dafoe, Emily Watson, Carrie-Anne Moss e Ioan Gruffudd.
Noticia: C.M. de Machico

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O TEMPO E AS ARCAS

Foto CAM


Existem duas arcas semelhantes!
Resistiram ao tempo, foram embaladas pelas ondas e viajaram em veleiros até aportarem à Madeira. Serviram para guardar enxovais, paramentos, roupas diversas. Resistiram às tropelias da criançada. Fechava-me dentro destas escuras madeiras, ao fugir dos amigos quando brincavamos às escondidas. Serviam de abrigo em "dias de tormenta", quando as palmadas podiam ouvir-se na atmosfera pesada de um castigo. Por fim, ficaram imóveis sem destino e sem vozes que as acariciassem as longas madeiras negras. Quantos segredos; quantos brinquedos, e quantos sonhos dentro duma caixa que o tempo teima em conservar.
Esta ainda serve os paramentos da capela, abandonada um pouco à sorte pelo destino infortúnio de uns, desprezo de outros, merecia mais respeito por aqueles que com carinho as respeitaram ao longo dos tempos. ÀS DUAS!...   

MARINA DE MACHICO

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Atelier do Património Cultural em Machico

Com a inauguração da exposição de 'Atelier do Património em Machico', estão dados os primeiros passos para que dentro de pouco tempo o município de Machico se associe ao Roteiro de Património Imóvel Arqueológico da Região. A ambição ficou expressa ontem, na abertura do certame no Solar do Ribeirinho que contou com a presença do presidente da autarquia, Emanuel Gomes.

A edilidade pretende apoiar o Centro de Estudos de Arqueologia Moderna na divulgação e conservação do extenso espólio existente. Preservar a sua identidade cultural é uma dos principais motivos da iniciativa.

Ontem, no âmbito do programa Juventude em Acção, o Solar do Ribeirinho, apresentou uma exposição que estará patente até final do ano e que poderá ser apreciada semanalmente e em horário de período laboral.

De acordo com Hugo Sousa Vieira, um dos técnicos responsáveis pela iniciativa, "o projecto surge após a constatação da necessidade de divulgação de uma área do património cultural especificamente o arqueológico", atendendo que se trata de "um tema pouco explorado na Região" e que no seu entender "é pertinente a sua abordagem integrando activamente a sociedade, em particular os jovens", sublinhou o coordenador, minutos antes da abertura do evento, que estará patente até fim do ano e que contou com a presença do presidente da autarquia.

Destaque para alguns do conjunto de trabalhos serem da autoria de um grupo de alunos, portadores de deficiência, pertencentes ao Centro de Actividades Ocupacionais de Machico. O restante espólio, é constituída por estudantes de outros estabelecimentos de ensino do município.
Fonte: DN Funchal de 15 de Outubro de 2010

MACHICO SERÁ MUNICIPIO DA CULTURA EM 2011

Machico é em 2011 Município da Cultura

Presidente da Câmara avisa JÁ QUE não há verbas para grandes eventos

O Forum Machico deverá concentrar grande parte das actividades do próximo ano. 

"Sem os Pink Floyd nem tão-pouco com a Orquestra de Berlim". A frase é do presidente da Câmara Municipal de Machico que de uma assentada anunciou a candidatura do concelho ao Município da Cultura no próximo ano e ao mesmo tempo quis retirar alguma expectativa que possa vir a gerar junto dos munícipes.

É que segundo o autarca, "não há muito dinheiro para se estar a trazer grandes artistas ou efectuar um programa demasiado ambicioso", sustentou no inicio da sua declaração.

Certo é não existirem muitas dúvidas quanto ao concelho ser o próximo organizador de eventos culturais na Região. Depois de Ponta do Sol, Funchal, Câmara de Lobos e Santa Cruz, Machico já acertou com eventuais interessados para que não concorram contra a vontade de Emanuel Gomes de promover um rol de espectáculos assentes na criatividade e da dinâmica das colectividades existentes em todas as freguesias.

A propósito, o autarca social-democrata disse existir um "entendimento entre os municípios", deixando livre o caminho para aquele que manifeste em primeiro lugar o desejo na obtenção do rótulo. "Existe essa ideia de ninguém concorrer uns contra os outros e acertamos isso", avançado ter sido numa das reuniões efectuadas com patrocínio da Associação de Municípios que ficou estabelecido o acordo.

Posto isto, dentro de poucos dias chegará à Direcção Regional dos Assuntos Culturais a formalização da candidatura que tem a chancela e o empenho do presidente da Câmara ao ponto de afirmar ter um programa praticamente definido e sem grandes novidades.

À cabeça dos eventos destaque para a Semana Gastronómica e o Mercado Quinhentista, dois cartazes que fazem parte alguns anos do caderno de actividades da autarquia machiquense
Fonte D.N. Funchal de 15 de Outubro de 2010






terça-feira, 5 de outubro de 2010

AS TRANSFORMAÇÕES DE UMA CIDADE

Ao longo dos tempos, Machico não tem sido excepção à regra. As mudanças fazem-se sentir, umas para melhor outras nem tanto! Através das fotografias podemos "sentir" essas transformações que fazem dos sitios, os lugares, vilas ou cidades evoluirem. Basta constratar!...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

FESTAS DO CONCELHO

CINEMA NO FORUM MACHICO

Cinema no Fórum Machico - 1 de Outubro


A Câmara Municipal e a Casa do Povo de Machico organizam um Ciclo de Cinema no Fórum Machico, com o apoio da Fundação INATEL, Delegação do Funchal. "Detenção Secreta" é o filme deste ciclo que será exibido na sala de cinema do Fórum Machico, no dia 01 de Outubro (sexta-feira), pelas 21h, com entrada livre.
Fonte:C.M.Machico

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

V CONCURSO LITERÁRIO FRANCISCO ÁLVARES DE NÓBREGA

Foram admitidos 17 trabalhos ao V Concurso Literário Francisco Álvares de Nóbrega (conhecido como o 'Camões Pequeno'), segundo informação referida pela Junta de Freguesia de Machico.

Oito dos trabalhos apresentados a concurso são da Madeira, tendo sido recebidos sete de Portugal continental, um do Brasil e um dos Açores.
O júri residente deste prémio inclui os académicos José Eduardo Franco (Universidade de Lisboa), presidente; Thierry Proença dos Santos e Nelson Veríssimo (UMa) Jorge Moreira e Lucinda Silva Moreira, que secretaria o júri; e ainda, enquanto convidados, Tolentino Mendonça (Universidade de Lisboa) e Leonor Martins Coelho (UMa).
O Concurso Literário Francisco Álvares de Nóbrega 'Camões Pequeno' visa incentivar a produção literária original, de cidadãos nacionais e internacionais, contribuindo, assim, para o enriquecimento do património linguístico/cultural.
O género literário de texto é a poesia, redigida em português, versando sobre qualquer temática à escolha do autor, tendo como horizonte de inspiração Machico. Cada candidato só pode concorrer com um trabalho.
Os trabalhos são apresentados com um pseudónimo, em envelopes fechados, não havendo, assim, possibilidade de influência sobre o júri.
'Machico, uma viagem no tempo...', 'A Sagração da Terra', 'Minha ilha banhada por mar nenhum' ou 'Meu vale, meu encanto' são alguns dos títulos escolhidos pelos autores.
Diário de Noticias de 24/09/2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

FESTA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE - CANIÇAL



Nos dias 18 e 19 de Setembro de 2009 celebra-se na paróquia do Caniçal a festa em honra de Nossa Senhora da Piedade. Embora não seja a padroeira do Caniçal, esta festa é presenciada por muita gente, a maioria no cumprimento de promessas feitas à Virgem Maria.

No dia antes das comemorações, no sábado, inicia-se a procissão que sairá da Capela de Nossa Senhora da Piedade, transportando, por via marítima, a imagem de Nossa Senhora da Piedade até à igreja paroquial. Neste templo será celebrada a missa da vigília da festa.
No domingo principiará a solenidade litúrgica em honra de Nossa Senhora da Piedade seguida da procissão no mar, que transportará a imagem de Nossa Senhora até à sua capela.

A Lenda:
Diz a lenda que um grupo de pescadores, vendo-se em aflição no mar alto, prometeu erguer uma capela a Nossa Senhora da Piedade se ela salvasse estes homens de uma morte que parecia certa. A Santa salvou-os e impediu que o mar os levasse. Escolhem para lugar de construção do orago o primeiro monte que avistam no Caniçal.
Desde há muitos anos, a cada 3º fim-de-semana do mês de Setembro, os habitantes do Caniçal levam a cabo uma procissão no mar em honra da Senhora da Piedade.
Esta procissão, mobiliza a população que se empenha a fundo na organização da festa e da procissão. As ruas enfeitam-se de flores e luzes, a igreja embeleza-se de verduras e cor, as bandeiras de cores garridas pululam.
No Sábado a imagem sai da Igreja e vai de barco até à Capela da Senhora da Piedade onde pernoita. No Domingo regressa também por mar à Igreja de onde saiu. A procissão é acompanhada por cânticos dos devotos e pela música da banda da terra.
Há sempre bailarico por esta ocasião e faz-se também a festa do pão de batata, e come-se o tradicional gaiado seco em escabeche e as lapas.

Câmara Municipal de Machico - Largo do Município - 9200 - 099 Machico

Tel. 291 969 990 - Fax. 291 965 515 - Horário: 09h00 às 12h30 / 14h00às 17h30

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

MACHICO EM 1851

Estampa pintada por Lady Susan Vernon Harcourt em 1851, com imagem de Machico e a sua zona ribeirinha.

24 Horas a Voleibolar - Convite aos cidadãos



Noticia: C.M. Machico

CINEMA - 18 de Setembro


Noticia: C.M. Machico 

domingo, 5 de setembro de 2010

BORDADEIRAS EM MACHICO

Um belo postal editado pelo Grémio de Bordados da Madeira. Penso que seja uma edição do final dos anos 50 e início de 60 do século passado.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

CAIS DE MACHICO

Machico em postais antigos.
O primeiro, o antigo cais de Machico onde se pode ver o antigo Forte de São João Batista. O segundo, a praia junto à foz da ribeira

quinta-feira, 22 de julho de 2010

CICLO DE CINEMA - FORUM MACHICO

Sala de Cinema do Fórum Machico apresenta o filme Semi-Pro


A Câmara Municipal e a Casa do Povo de Machico organizam um Ciclo de Cinema no Fórum Machico, com o apoio da Fundação INATEL, Delegação do Funchal. "Semi-Pro" é o segundo filme deste ciclo que será exibido na sala de cinema do Fórum Machico, no dia 24 de Julho (Sábado), pelas 21h, com entrada livre.

Fonte: Câmara Municipal de Machico

sexta-feira, 16 de julho de 2010

REVISTA ORIGENS


O número de Janeiro de 2010 da revista "ORIGENS" editada pela Casa da Cultura de Santa Cruz - Câmara Municipal de Santa Cruz, destaca um trabalho de José L.S. Freitas com o titulo "Aeronaves que a Madeira já conheceu...", é sem dúvida um trabalho importante sobre a história da Aeronautica nos céus da Madeira. A ser divulgado pelos Madeirenses que gostam de aeronaves, cultura, história e património deste Concelho da Madeira. Se não divulgarmos o que temos de melhor, a nossa identidade , não serão os cidadãos de fora a fazê-lo. 

terça-feira, 29 de junho de 2010

CENTRO CÍVICO DO CANIÇAL



A Câmara Municipal vem pelo presente convidar Vossa Excelência a assistir ao concerto com o Ensemble de Percussão do Gabinete Coordenador de Educação Artística, que terá lugar no próximo dia 03 de Julho (Sábado), pelas 21h, no Centro Cívico do Caniçal, com entrada livre.
Foto e texto- camara municipal de Machico

quinta-feira, 10 de junho de 2010

FEIRA DO LIVRO EM ÁGUA DE PENA

A XIII edição da Feira do Livro de Água de Pena irá decorrer de 14 a 18 de Junho (segunda a sexta-feira da próxima semana), numa organização da Casa do Povo da freguesia, com várias actividades programadas.
Exposição e venda de livros, ciclo de conferências e animação musical marcarão o evento, sendo de destacar o 'livro da feira' intitulado "Um Pingo de Sol na Areia", da autoria de Graça Alves, que estrá presente no dia 17 de Junho, pelas 18h00, para uma conferência e sessão de autógrafos.
A sessão de abertura do evento está marcada para as 16 horas do dia 14 de Junho, sendo que a exposição e venda de livros tem os seguintes horários (9h30-12h30 e 14h00-19h00)

Fonte: Diário de Noticias de 10 de Junho 2010 - Francisco José Cardoso

domingo, 6 de junho de 2010

PROJECTO PARA CONSERVAÇÃO DOS CETÁCEOS DA MADEIRA

O pequeno iate ancorado no cais de Machico destinado a levar turistas, ambientistas e cientistas no "Projecto para a Conservação dos Cetáceos da Madeira", está ancorado sem meios económicos para navegar.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

MERCADO QUINHENTISTA


Fonte: Câmara Muicipalde Machico


PROGRAMA


29 de Maio - Sábado
09:00 H – III Colóquio “O Património Cultural Imaterial de Machico” – Fórum Machico

4 de Junho - Sexta-feira
16:00 H – Abertura oficial e visita das entidades oficiais às tendas do mercado
16:30 H – Animação (Danças, teatro, saltimbancos, música, …)
17:30 H – Torneio Apeado
19:00 H – Convocação de Mancebos e Homens Bons à expedição de Safim (dramatização)
21:00 H – Cortejo dos Mesteres (do Largo dos Milagres até ao forte de Nossa Senhora do Amparo)
22:00 H – Embarque da expedição a Safim
22:30 H – Espectáculo de fogo sobre a Lenda do Cavalum
23:00 H – Encerramento do Mercado

5 de Junho - Sábado
16:00 H – Reabertura do Mercado
16:30 H – Desembarque – Nau Santa Helena
17:00 H – Cortejo do regresso da expedição ao Norte de África (Cais de S. Roque, R. Ribeirinho, R. Árvore, Forte N. Srª do Amparo)
17:30 H – Relato dos feitos em terras de Safim a Tristão Teixeira,O Governador
18:00 H – Animação
18:30 H – Torneio de armas
19:00 H – Missa em Latim na Igreja Matriz
20:30 H – Ceia Quinhentista
22:00 H – Festa Mourisca (cuspidores de fogo, dança do ventre, gaitas de foles, saltimbancos…)
24:00 H – Encerramento do Mercado

6 de Junho – Domingo
16:00 H – Reabertura do Mercado
16:30 H – Auto dos bufarinheiros
15:00 H – Rapsódia de gaiteiros e bombos
17:30 H – Torneio de armas
21:00 H – Assalto de piratas ao Forte de Nossa Senhora do Amparo
22:00 H – Encerramento do Mercado

quinta-feira, 27 de maio de 2010

ESPECTÁCULO "A CAROCHINHA ARRANJADINHA"

Da Câmara Municipal de Machico, recebi a noticia e divulgo

Dia Mundial da Criança com o Espectáculo “A Carochinha Arranjadinha”
A Câmara Municipal de Machico convida V. Ex.ª e todas as crianças a participarem nas comemorações do Dia Mundial da Criança com o Espectáculo “A Carochinha Arranjadinha”, no dia 29 de Maio de 2010, pelas 20h:30min, no Fórum Machico. Entrada gratuita. Participe!

Este espectáculo surge no âmbito das Comemorações do Dia Mundial da Criança, e integra uma peça de teatro e muita música, realizada pelos Seniores da Universidade Sénior de Machico, sob a orientação da Professora Ana Gil, intitulada “ A Carochinha arranjadinha”.
Trata-se de uma encenação, cujas personagens são bem conhecidas do mundo da fantasia das crianças, que de uma forma lúdica, e ao longo de toda a peça, vão chamar atenção para a necessidade de protecção do nosso planeta, e como cada um de nós, poderá contribuir para que possamos viver num ambiente mais saudável!
No fundo, trata-se de um apelo, onde os mais velhos entram no mundo dos mais novos para conseguirem passar a sua mensagem: Juntos, vamos salvar o planeta!
Após a referida peça, seguir-se-ão as actuações dos nossos pequenos artistas Pedro Garcia e Diogo Garcia, Joana Belo e Isabel Margarida Silva.



Programa

Sábado, 29 de Maio
20h:30min - Peça de Teatro “A Carochinha arranjadinha” realizada pelos Seniores da Universidade Sénior de Machico
21h:15min - Participações Especiais: Pedro Garcia (Participação no Programa de Televisão “ Uma Canção Para Ti”
Joana Belo (Vencedora da 3.ª Edição do Festival “ Vozes em flor” – Associação Grupo Cultural “Flores de Maio”
Isabel Margarida Silva (Segunda classificada da 27.ª Edição do Festival Infantil da Madeira)
Diogo Garcia (Vencedor da 29.ª Edição do Festival Infantil da Madeira)

Animação a cargo da Universidade Sénior de Machico

quarta-feira, 5 de maio de 2010

MACHICO


LEÃO E REX

Eram dois pastores-alemães Leão e Rex. Leão foi o último sobrevivente do duo canídeo. Na minha memória, lembro-me com nitidez de percorrer o caminho que circundava as plantações de vinha, de bananeiras até ao pátio da casa. Sempre atento aos forasteiros que por ali passassem, Leão dava as boas vindas abanando a cauda em sinal de satisfação. Eu tinha feito a viagem no velho horário da SAM "comendo rebuçados de fruta" comprados na descida de casa na famosa Pastelaria Felisberta. Por qualquer motivo, tive de entrar na sala e esqueci-me do pacote de papel no muro. Quando cheguei, os rebuçados já estavam na boca do Leão...

sábado, 27 de março de 2010

CAPELA DO SENHOR DOS MILAGRES

Fotografia antiga da Capela do Senhor dos Milagres. Repare-se no carro de bois e as galinhas junto ao largo. Os plátanos na iagem ainda são novos em comparação com os que estão na actualidade

quarta-feira, 24 de março de 2010

CONCERTO NO CENTRO CIVICO DO PORTO DA CRUZ

Centro Cívico do Porto da Cruz acolherá concerto dia 28 de Março

O Centro Cívico do Porto da Cruz acolherá o concerto com a Orquestra de Bandolins do Gabinete Coordenador de Educação Artística, em Plateia Activa, com a Escola Básica do 1º, 2º e 3º Ciclos do Porto da Cruz, que terá lugar no próximo dia 28 de Março (Domingo), pelas 17h, com entrada livre.

Fonte: Câmara Municipal de Machico

domingo, 21 de março de 2010

POESIA INSULA

A semana passada tive o prazer de receber este exemplar ILHA 5 - uma colectânea de poemas de autores madeirenses. Este quinto volume, está cheio de sumarentas palavras, sonhos e ideias como só os poetas sabem cultivar. Uma lufada de maresia à nossa Ilha.

quinta-feira, 11 de março de 2010

UMA OUTRA PISTA

Foto do estacionamento e parque sob a pista do Aeroporto da Madeira. à esquerda, encontra-se o meu bolinhas estacionado. Em muitos anos, penso ser a primeira vez que o fotografo. Este espaço é utilizado para diversos fins, mas parece-me que apesar do imenso espaço se encontra mal aproveitado assim como a área envolvente. (Foto CAM)

sábado, 13 de fevereiro de 2010

PISCINA DA MATUR

Foto CAM
O estado em que se encontra a piscina da Matur! Completamente abandonada à anos pela empresa Matur e Grão-Pará, vive cenas tristes e degradantes. Desde a tentativas de fogo posto, assaltos, prostituição e droga, a zona envolvente faz lembrar um cenário de guerra. A irresponsabilidade de uns e o desleixo de outros contribuiram para o estado das coisas. Mas continuo a dizer que somos um pais muito rico, ou antes um país a duas dimensões.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

MACHICO E AS VERBAS PARA A CULTURA


Machico aumenta Desporto mas não dá mais à Cultura
Há 5 anos que as associações não vêem aumentadas as transferências da autarquia
Data: 26-01-2010 - Diário de Noticias
Há cinco anos que a Câmara Municipal de Machico não aumenta um 'cêntimo' nas verbas que transfere para as associações culturais do concelho. Um 'congelamento' que afecta 13 instituições que, nos últimos anos, tiveram de gerir a mesma verba, independentemente do aumento ou da diminuição do número de actividades planificadas. Esta foi uma decisão tomada no passado dia 15 de Janeiro, na última reunião de vereadores da autarquia machiquense. Na sequência dessa decisão, esta autarquia assina hoje, às 17 horas, um protocolo financeiro com estas instituições. Tal como aconteceu no ano passado, uma vez mais os três vereadores socialistas desta autarquia abstiveram-se na aprovação deste apoio.Dizem os socialistas - em termos comparativos nos últimos cinco anos - que enquanto o Desporto teve um aumento de cerca 28%, "o que corresponde um crescimento na ordem dos 60 mil euros, não houve vontade de dar nem um cêntimo a mais às instituições culturais nestes mesmos cinco anos, mantendo-se, teimosamente, o valor anual que as instituições culturais recebem", refere o líder dos socialistas, Ricardo Franco.Para os socialistas, esta situação constitui uma profunda discriminação, entre o tratamento que é dado aos clubes desportivos e a forma como "não são acarinhadas as agremiações culturais do concelho por este executivo camarário". Os mesmos vereadores lembram que a actualização feita aos clubes de futebol é em si superior ao total da verba cedida às instituições culturais. Mais. Na declaração de voto dos socialistas, Ricardo Franco lembra que o 'congelamento' de verbas à Cultura não se justifica num ano em que o Desporto não registou um aumento. Na sequência desta argumentação, os socialistas recomendaram um aumento percentual de 20% para cada instituição cultural depois de no ano passado terem sugerido um aumento de 10%. A proposta socialista foi rejeitada pela maioria PSD. Emanuel Gomes fala em crise para justificar atribuiçõesEmanuel Gomes justifica mais uma vez o não aumento das transferências financeiras às entidades culturais de Machico, com as dificuldades de tesouraria da Câmara. "Em termos orçamentais, as coisas não vão bem. Está tudo muito complicado e apertado. Não há perspectivas de crescimento das receitas da Câmara de Machico por via das transferências do Estado. Há uma grande diminuição de receitas municipais que advinham da construção de obras e as licenças de obras quase que desapareceram". E exemplifica. "Ainda hoje só tivemos um processo de obras, antes tínhamos dezenas. Há um conjunto de receitas que vão diminuir. A tendência vai ser essa". O autarca salienta também que quando, durante a campanha, prometeu acentuar os apoios aos sectores Social e Cultura, isso não significava a organização de novas actividades e eventos, mas sim a promoção de actividades de melhor qualidade.43 mil e 250 euros para 13 instituições culturaisSão três as que mais verbas recebem da Câmara de Machico:Banda Municipal de Machico, Prestige Dance e o Grupo Cultural 'Flores de Maio', com 7.500 euros cada. A seguir, aparecem cinco associações que receberão 2.750 euros cada: Grupo Cultural e Recreativo Casa do Povo do Santo da Serra, Grupo Folclórico da Casa do Povo do Porto da Cruz, Grupo de Danças e Cantares da Casa do Povo de Água de Pena, Grupo Folclórico da Casa do Povo do Caniçal e ainda o Grupo Cultural e Recreativo da Casa do Povo de Machico. Já o Grupo Coral das Casas do Povo de Machico receberá 2.250 euros. Enquanto a Associação 'Mão Amiga' receberá 1.500 euros, o Corpo Nacional de Escutas receberá 1.250 euros. Por fim, o Grupo de Teatro de Machico e o Centro Cívico Cultural e Social Ribeira Seca receberão mil euros cada.
Marco Freitas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

ALAMEDA DOS PLÁTANOS

Foto de família!
A chamada Alameda dos Plátanos em Machico nos anos 60'.
Vezes sem conta atravessávamos por entre plátanos gigantes, de copas imensas a longa baixa de Machico. Teresinha e Margarida sonhavam um mundo melhor, programavam projectos para o futuro e, eu impávido na pequenez dos meus 5 e 6 anos, arregalava a vista plena de felicidade. à pouco tempo senti a emoção e incontidamente senti uma imensa saudade das boas pessoas com quem tive a felicidade de partilhar momentos inesquecíveis da minha vida. Os plátanos, os mesmos da minha infância, continuam imóveis como que olhando e protegendo-me nas suas gigantes copas verdes, aquele olhar doce e profundo dos sonhos de menino.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

V CONCURSO LITERÁRIO DE MACHICO

Este ano, o Concurso Literário "Francisco Álvares de Nóbrega" dá destaque à modalidade de Poesia. Uma boa oportunidade para desvender novos talentos e não só, dar azo à imaginação promovendo a escrita de lingua portuguesa.
Mais informações podem ser pedidas na Junta de Freguesia de Machico.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

CAIS DE ÁGUA DE PENA


O pequeno cais de Água de Pena antes da mudança dos estaleiros navais que existiam no Funchal se terem mudado para este local.

ATLANTIS