sexta-feira, 24 de setembro de 2010

V CONCURSO LITERÁRIO FRANCISCO ÁLVARES DE NÓBREGA

Foram admitidos 17 trabalhos ao V Concurso Literário Francisco Álvares de Nóbrega (conhecido como o 'Camões Pequeno'), segundo informação referida pela Junta de Freguesia de Machico.

Oito dos trabalhos apresentados a concurso são da Madeira, tendo sido recebidos sete de Portugal continental, um do Brasil e um dos Açores.
O júri residente deste prémio inclui os académicos José Eduardo Franco (Universidade de Lisboa), presidente; Thierry Proença dos Santos e Nelson Veríssimo (UMa) Jorge Moreira e Lucinda Silva Moreira, que secretaria o júri; e ainda, enquanto convidados, Tolentino Mendonça (Universidade de Lisboa) e Leonor Martins Coelho (UMa).
O Concurso Literário Francisco Álvares de Nóbrega 'Camões Pequeno' visa incentivar a produção literária original, de cidadãos nacionais e internacionais, contribuindo, assim, para o enriquecimento do património linguístico/cultural.
O género literário de texto é a poesia, redigida em português, versando sobre qualquer temática à escolha do autor, tendo como horizonte de inspiração Machico. Cada candidato só pode concorrer com um trabalho.
Os trabalhos são apresentados com um pseudónimo, em envelopes fechados, não havendo, assim, possibilidade de influência sobre o júri.
'Machico, uma viagem no tempo...', 'A Sagração da Terra', 'Minha ilha banhada por mar nenhum' ou 'Meu vale, meu encanto' são alguns dos títulos escolhidos pelos autores.
Diário de Noticias de 24/09/2010

Sem comentários: