terça-feira, 6 de setembro de 2011

MUSEU DA BALEIA INAUGURADO NO CANIÇAL



O Presidente do Governo Regional inaugurou, no passado dia 02 de Setembro de 2011, o novo Museu da Baleia, na freguesia do Caniçal, concelho de Machico.


A experiência marítima da freguesia do Caniçal, especialmente o papel que a comunidade desempenhou durante muitos anos nas campanhas da pesca da baleia, encontra-se ainda bem presente na memória colectiva da população. E foi este forte elo de ligação ao Mar, que constitui uma herança cultural e um traço marcante da identidade daquela freguesia, que o Governo Regional - através da edificação de um novo espaço -, quis preservar e reforçar, conferindo àquele património uma grandeza e vitalidade.

Concebido como um espaço permanente para a representação da pesca da baleia, os cerca de 6.000 m2 de área, junto ao passeio marítimo, foram distribuídos por diversos espaços, nomeadamente uma biblioteca, loja de artesanato, cafetaria, sala de educação ambiental, gabinetes científicos e laboratórios, um auditório, sala de exposições temporárias e loja do museu.

Na área reservada às exposições permanentes e temáticas, encontra-se a Sala dos Cetáceos, a Sala de Projecção e a Sala da Caça à Baleia.

A Sala dos Cetáceos é um espaço concebido para a exposição de um conjunto de modelos em fibra de vidro de diferentes espécies de cetáceos, parte importante da fauna marinha do arquipélago da Madeira, um modelo de exibição, uma embarcação e vários quiosques electrónicos.

No planeamento da exposição foram considerados vários modelos de cetáceos, que ficarão suspensos, a diferentes alturas, por tirante a partir do tecto da sala.

Para além de apresentarem um aspecto final o mais próximo possível da realidade e os mais rigoroso do ponto de vista anatómico, cada modelo das diferentes espécies reflectirá a idade e sexo do animasl e apresentará uma ficha descritiva acompanhada de desenhos e ilustrações científicas.

No que se refere ao modelo de exibição, este deverá constituir um cenário onde funcionará um auditório para a projecção de um vídeo 3D estereoscópico.

A embarcação, por seu lado, será um cenário onde os visitantes poderão recriar algumas actividades de investigação científica de cetáceos efectuados a bordo de pequenas embarcações, designadamente, foto-identificação, censos náuticos, telemetria, etc.

Único na Europa, o projecto da responsabilidade da Secretaria Regional do Equipamento Social, através da Direcção Regional de Edifícios Públios foi desenvolvido com o objectivo de responder ao elevado número de visitantes que procuram o actual museu naquela vila.

Sem comentários: