segunda-feira, 8 de outubro de 2012

BALEIA À VISTA!

Lançava-se um foguete de aviso. Então, todos os homens corriam para os pequenos barcos e tentavam descortinar no horizonte a baleia. Era assim, até aos anos 60', que a Empresa Baleeira da Madeira sobrevivia dos cetáceos, extraindo após esquartejar, os seus óleos para fins industriais. Tempos que não voltam, mas que fazem parte da história de um povo e de uma época.    

Sem comentários: