segunda-feira, 20 de abril de 2015

PALESTRA BD DE CETÁCEOS DA MADEIRA

Palestra 'Base de Dados de Cetáceos da RAM' no Museu da Baleia da Madeira

A Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação Tecnologia e Inovação – ARDITI realiza a palestra 'Base de Dados de Cetáceos da RAM', promovida pelo Observatório Oceânico da Madeira (OOM) e proferida pela investigadora Rita Ferreira. O evento realiza-se a dia 24 de Abril, às 17 horas, no auditório Museu da Baleia da Madeira.
Esta palestra enquadra-se na iniciativa promovida pela Comissão Directiva do OOM, 'Sextas - do - OOM' que levará a cabo diversas palestras durante o ano de 2015. Até Junho serão divulgadas nestas sessões, os resultados dos trabalhos efectuados no âmbito das bolsas atribuidas pela ARDITI nesta área.
Rita Ferreira é investigadora do Observatório Oceânico da Madeira (OOM), desenvolve trabalho científico no Museu da Baleia da Madeira (MBM), instituição parceira do OOM. O seu trabalho consiste na compilação e selecção de dados respeitantes à ocorrência de cetáceos no Arquipélago da Madeira, para posterior disponibilização na plataforma digital do Observatório. Colabora ainda em acções de formação de professores, desenvolvidas pelos Serviços Educativos do MBM, nas quais promove a divulgação da plataforma digital.
Frequentou a licenciatura em Biologia Marinha na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, onde colaborou em diversos projetos na área da Ictiologia, nomeadamente na análise morfológica e biométrica de otólitos. Realizou o Mestrado em Ecologia Marinha na mesma instituição, desenvolvendo a dissertação no MBM, com o primeiro estudo na Região sobre avaliação e monitorização do impacto da actividade comercial de observação de cetáceos nestes animais. Conta ainda com ampla experiência nas áreas do ecoturismo e educação ambiental, assim como na monitorização de actividades de pesca e sua interacção com cetáceos, na Madeira e no estrangeiro.
Base de Dados de Cetáceos da RAM
A partilha e a integração de dados científicos de diferentes entidades numa mesma plataforma assumem particular importância, já que permitem a análise e compreensão dos diversos parâmetros que têm influência nas populações animais e nos ecossistemas, fortalecendo o apoio à tomada de decisões políticas. Neste sentido, o surgimento do Observatório Oceânico da Madeira (OOM) veio criar as condições necessárias para que esta integração fosse uma realidade, com a participação de diversas entidades.
VISOR - Bio
O Museu da Baleia da Madeira (MBM) desenvolveu e participou em diversos projectos científicos desde 2000, dos quais resultaram dados respeitantes a avistamentos de cetáceos, tartarugas marinhas e lixos marinhos, obtidos a partir de diversas plataformas, como barcos de investigação, de turismo e de pesca e ainda de helicóptero. O MBM compilou e recolheu ainda dados respeitantes ao arrojamento de cetáceos no Arquipélago da Madeira desde 1986. Todos estes dados se encontram agora disponibilizados ao público no Visor Bio da plataforma digital do OOM, associados à respectiva posição GPS e informação relativa a cada acontecimento. Disponível em:http://oomdata.arditi.pt/serv/visor/vismad.php.
Devido ao elevado potencial de comunicação científica que a plataforma digital apresenta, esta irá ser apresentada e divulgada junto da comunidade escolar, nomeadamente dos professores, através da realização de acções de formação de professores validadas pela Secretaria Regional da Educação que estão a ser desenvolvidas pelos Serviços Educativos do MBM.
Confirmação de presença para arditi@arditi.pt ou para 291 721 220.
D.Noticias da Madeira - 20-04-2015

Sem comentários: