quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Saúde pública está em causa na zona da Matur

PSD-Machico diz que a saúde pública está em causa na zona da Matur

Actualizado ontem, às 11:27

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Machico (CMM) apresentaram, na reunião de câmara do passado dia 4 de Fevereiro, um voto de recomendação relacionado com o perigo para a saúde pública que se vive na zona da Matur, nomeadamente com as águas estagnadas na piscina abandonada, que consideram ser um viveiro para a eclosão de insectos, nomeadamente do mosquito 'Aedes Aegypti', transmissor da Dengue e da Zika. 
Os vereadores municipais lembram ainda que aquela piscina constitui um potencial perigo de afogamento em caso de de queda de alguma pessoa, principalmente se se tratar de criança ou idoso, adiantando que a infra-estrutura abandonada é motivo de preocupações e alertas por parte dos moradores na zona.
Os vereadores do PSD recomendam, por isso, à CMM, que "diligencie no sentido de rapidamente ser posto cobro à situação acima referido, e outras do género, de modo a que sejam garantidas as condições de segurança e de saúde pública".
Na mesma reunião,  os vereadores social-democratas apresentaram uma outra proposta referente à eficiência energética nas infra-estruturas e equipamentos municipais.
Os vereadores lembram que, no anterior mandato autárquico, a empresa intermunicipal IPM, constituída pelos municípios da RAM, cuja presidência do concelho executivo era na altura exercida pelo Município de Machico, a EEM e a AREAM fizeram uma parceria no sentido de desenvolverem medidas tendo em vista a eficiência energética e ambiental na região. Para o efeito previa-se o levantamento e a elaboração de um Plano Director para a Iluminação Pública Regional, tendo este processo se traduzido depois na adesão ao Pacto de Autarcas.
Em consequência dessa parceria, acrescentam, recentemente a Empresa de Electricidade da Madeira, deu início à colocação de luminárias LED, em substituição das tradicionais, em alguns arruamentos do concelho, de acordo com um plano pré-estabelecido. "Obviamente com esta iniciativa será assegurada uma maior eficiência energética e ambiental, com reflexos claros na poupança em termos da facturação energética, o que é naturalmente um motivo de congratulação", lê-se na proposta.
O vereadores do PSD recomendam, por isso, ao executivo municipal "que tome igualmente medidas no sentido de garantir uma maior eficiência energética e ambiental nos equipamentos e infra-estruturas municipais, com recurso a implementação de energias renováveis, de modo a que se possa alcançar o mais rapidamente possível os objectivos desejados, de redução de custos e melhorias ambientais no concelho, e consequente melhoria da qualidade de vida dos nossos munícipes e daqueles que nos visitam".
Estas duas propostas foram aprovadas.
Fonte:Diário de Noticias de 09/02/2016

 

Sem comentários: